SaveBeer: tecnologia comprovada para dispositivos inovadores

Nosso equipamento funciona com a tecnologia SaveBeer, baseada em padrões de engarrafamento industrial de cerveja. A invenção do primeiro dispositivo PEGAS, em 2004, provocou uma revolução no mercado de cerveja: em apenas alguns anos abriram milhares de lojas, especializadas em tipos variados de bebidas gaseificadas. Neste artigo, vamos contar como o método de enchimento de garrafas afeta a qualidade do produto e por que PEGAS envasa cerveja de maneira rápida a fácil, como se fosse água sem gás.

Antigamente o chopp não era tão popular, basicamente era consumido apenas em estabelecimentos de alimentação. Encher garrafas PET com chopp, para que o cliente pudesse desfrutar em casa, com amigos, ou junto á natureza não era uma tarefa simples. Os poucos quiosques que vendiam cerveja utilizavam torneiras de chopp convencionais, tonando o processo demorado e penoso. Era preciso esperar pacientemente a espuma baixar, enquanto uma quantidade significativa de cerveja era desperdiçada.

Este antigo método de engarrafamento não é apenas inconveniente para o vendedor e para o consumidor, mas também afeta negativamente as propriedades de cerveja. Ocorre que a gaseificação, ou carbonatação, é uma fase importante da fabricação de cerveja, que permite melhorar a qualidade do sabor final.

As grandes fábricas de cervejas utilizam um processo de carbonatação industrial, já os fabricantes artesanais utilizam a carbonatação natural, que já é utilizada a mais de um século. Ingredientes são adicionados á bebida e reagem com a levedura, liberando dióxido de carbono. Normalmente, se utiliza xarope de açúcar ou glicose.

Assim, até 2004, a cerveja que era servida em garrafas PET através das torneiras de chopp convencionais perdia uma das propriedades mais importantes concebida cuidadosamente pelo fabricante: o nível de carbonatação. Este problema foi resolvido graças a nossa invenção: o primeiro dispositivo para envasar cerveja rapidamente em garrafas PET sem a formação de espuma.

O que difere os dispositivos PEGAS das torneiras de cerveja convencionais?

Este dispositivo inovador funciona com a tecnologia SaveBeer, com base no princípio da contrapressão. O engarrafamento com PEGAS é um pouco diferente do de uma torneira comum. Primeiramente, a garrafa é preenchida com gás até que a pressão no seu interior torna-se igual à pressão do barril de cerveja. Em seguida, o vendedor abre a válvula de fornecimento de cerveja e, por meio de um mecanismo de remoção especial, o excesso de gás é removido da garrafa. Por fim, devido à diferença de pressão, a bebida do barril é transferida para a garrafa de plástico.

Graças ao uso da tecnologia SaveBeer no processo de envase da cerveja, não ocorre a formação de espuma, possibilitando ao fabricante manter o nível de carbonatação original , mantendo o sabor único de cada variedade. É importante que ao servir a bebida de uma garrafa para um copo, se forme a espuma tradicional, como se estivesse saindo diretamente do barril.

Tecnologia SaveBeer oferece outras vantagens importantes:

  • PEGAS enche uma garrafa de dois litros sem fazer espuma em apenas um minuto, de três a quatro vezes mais rápido do que uma torneira de cerveja convencional.
  • A cerveja não ira formar espuma durante o processo mesmo em temperaturas mais quentes, mesmo sem um refrigerador. 
  • Você irá vender TODA a cerveja, sem sobras no barril, e praticamente sem desperdícios algum.

A efetividade da tecnologia SaveBeer está presente em todos os produtos da linha PEGAS e é reconhecida pelos proprietários de estabelecimentos em diferentes cantos do mundo. Em 10 anos já foram abertos mais de 50.000 pontos de venda, equipados com nossos dispositivos. Em países estrangeiros os produtos NPM Grupo são vendidos por mais de 30 distribuidores.

PEGAS é marca registada da Novosibirskprodmas.
Tecnologia PEGAS é protegida por patentes emitidas e pendentes, russas e internacionais.
Todos os Direitos Reservados © NPM Group, 2016.
Site building & SEO — AVALON